Cuide da sua pele no verão e previna-se do câncer de pele

O câncer de pele representa 33% dos diagnósticos de câncer no Brasil e a cada ano o Instituto Nacional do Câncer – INCA registra em média 180 mil novos casos. Este é o tipo de câncer mais comum no Brasil e no mundo. A boa notícia é que essa doença pode ser prevenida e por isso separamos dicas para prevenção do câncer de pele.

Antes de saber como prevenir, é preciso entender um pouco mais sobre esse tipo de câncer.

O que é o câncer de pele?

É um tumor provocado pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Existem dois tipos de câncer de pele:

Não melanoma

É o mais comum, porém mais difícil de causar a morte do paciente. Esse tipo de tumor é responsável por 30% de todos os casos de tumores malignos registrados no Brasil.

Melanoma

É mais raro, mais agressivo e também mais fácil de levar à morte do paciente. Se origina nas células produtoras da melanina, substância que determina a cor da pele, e é mais frequente em adultos brancos.

Quais são os fatores de risco para o surgimento do câncer de pele?

Antes de saber dos fatores de risco, é importante destacar que qualquer mudança persistente na pele deve ser avaliada por médico. Um especialista é capaz de identificar lesões suspeitas através de exames para que o problema seja diagnosticado e tratado o quanto antes. A identificação precoce é um dos principais fatores de sucesso do tratamento. 

Os dois tipos de câncer apresentam fatores de riscos diferentes.

Não melanoma:

  • pessoas de pele clara, olhos claros, albinos ou sensíveis à ação dos raios solares;

  • pessoas com história pessoal ou familiar deste câncer;

  • pessoas com doenças cutâneas;

  • pessoas que trabalham sob exposição direta ao sol;

  • exposição prolongada e repetida ao sol;

  • exposição a câmaras de bronzeamento artificial.

Melanoma:

  • histórico familiar deste tipo de câncer.

Como identificar o câncer de pele?

O paciente precisa conhecer seu corpo e estar sempre atento às mudanças que ocorrem na sua pele. As principais lesões suspeitas que surgem são manchas que coçam, descamam ou sangram; manchas ou pintas que mudam de tamanho, forma ou cor; e feridas que demoram mais de quatro semanas para cicatrizar. Essas lesões surgem principalmente nas áreas do corpo que são mais expostas ao sol. Em pessoas negras eles surgem comumente em áreas mais claras do corpo, como palmas das mãos e solas dos pés. 

Avaliação ABCDE de pintas na pele. Fonte: Ministério da Saúde

DICAS PARA PREVENIR O CÂNCER DE PELE

  1. Evite exposição ao Sol nos horários de raios solares intensos, entre 10h e 16h;
  2. Utilize acessórios para proteção do seu corpo: roupas com proteção UV, óculos de sol, bonés, chapéus, viseiras, sombrinhas e guarda-sol;
  3. Quando precisar ficar ao ar livre em horários de raios intensos, busque lugares com sombra;
  4. Use sempre filtro solar com proteção FPS acima de 15 em todo o corpo, incluindo os lábios. Fique atento a todas as especificações de aplicação do produto para garantir sua eficácia: espessura da camada de creme, frequência de aplicação, transpiração e exposição a água;
  5. Quando for à praia, piscina, cachoeira etc, opte por produtos resistentes à água.

Quando você toma esses cuidados, previne o surgimento do câncer de pele e outros problemas. E caso você identifique alguma lesão suspeita, procure imediatamente um dermatologista. Na PopClini, a sua clínica popular em Porto Seguro, você pode marcar um horário com Dr. Jauru Freitas. 

Postagens Recomendadas